Blogroll

5 de jul de 2008

Sex and the City – O Filme (2008)



A espera foi longa, e os fãs sabem, há muito surgem especulações e planos para o filme da série de TV na HBO: Sex and the City. Que conquistou milhares de pessoas durantes suas seis temporadas. Garanto que muitas vezes alguma mulher já se identificou com alguma personagem (ou não?). Se você não assistiu à nenhum episódio da série, não se preocupe. Você não vai ficar perdido quando ver o filme. Michael Patrick King, o diretor, colocou um breve introdução nos créditos iniciais de como se deu o fim da história de cada personagem (na série), e Carrie fala um pouco de como cada uma é.

A trama dá continuidade a já citada série televisa da HBO que acabou em 2004. O enredo gira em torno de quatro grandes amigas: Carrie (Sara Jessica Parker), Samantha (Kim Cattrall), Charlotte (Kristin Davis) e Miranda (Cynthia Nixon). Carrie está preste a casar com Mr. Big; Samantha é ninfomaníaca, e não se satisfaz com um homem só; Charlotte é escandalosa e medíocre; e Miranda, a advogada racional e dura na queda, considera a traição do companheiro imperdoável.

O desfecho até chega a ser inteligente, poderia até surpreender-nos ao longo da projeção, mas até chegar no final do filme já estamos exaustos. A sensação que tive depois de ver Sex and the City – O Filme (alguém gosta desses subtítulos óbvios?) foi de ter assistido um longo episódio da série. Carrie, Samantha, Charlotte e Miranda não são mais as mesmas, digo isso por que nesse filme elas perdem todo o charme que construíram durante toda a série.

A história das quatro amigas não funciona no cinema. Ficamos diante de algo muito monótono que se torna “clichê” com a decadência do roteiro, que apesar de original possui diálogos de apelo totalmente infantil. Sex and the City – O Filme torna-se apenas mais um filme de comédia-romântica, o que é uma pena para os admiradores.

3 comentários:

  1. Hoenstamente, não fiquei ansioso em ver esse filme.. irei esperar chegar nas locadoras e ve-lo com calma... deixar passar essa onda de saudosismo que a turma anda falando e issoa caba influenciando nor esultado final do filme.. acho eu, já que vc se empolga tanto que nem fica reparando nas falhas que podem ser várias... pélo jeito vc é um dos que assistiu ao filme com isenção...
    eu não curtia muito a série, por isso considero esse mais um filme dedicado ao público feminino que não me atraí nem um pouco..rs
    abraços, Rafael!!!

    ResponderExcluir
  2. O filme realmente tem esse lado bom de ser uma obra acessível até mesmo àqueles que nunca assistiram a um episódio de "Sex and the City". Apesar do filme agradar aos fãs do programa, acho que tem um grande problema: o roteiro, que toca de forma superficial e rápida em temas que seriam muito mais bem trabalhados numa temporada completa do programa.

    ResponderExcluir
  3. Não gostei nada do filme, principalmente porque ficou com cara de um episódio mais longo(como quase todas as series que se tornam filmes) e nada mais, não traz nada de interessante e so serve para matar a saudades dos fãs

    ResponderExcluir

Dê sugestões, idéias, fale sobre a postagem, critique. 1ª visita? Deixe seu nome, cidade e idade! Evite comentários anônimos, ofensivos ou spam. Se for sobre o filme, evite spoiler para que nenhum outro leitor veja acidentalmente. Assim que ler, responderei e publicarei aqui. Volte para ver a resposta. Obrigado pela Visita!