Blogroll

22 de mai de 2008

Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (2008)



19 anos passaram desde “A Última Cruzada” e parece que Harrison Ford não perdeu o fôlego do arqueólogo mais famoso do cinema. “Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”, o quarto filme da série mostra ser uma aventura com tudo o que o gênero têm direito. Trazendo de volta um super-espetáculo capaz de levantar platéias de todas as idade, mas principalmente, os fãs antigos.

Indy e seu ajudante Mac escaparam por pouco de um encontro com nefastos agentes soviéticos em um campo de pouso remoto. Agora, o Professor Jones voltou à sua casa na Universidade Marshall – apenas para descobrir que as coisas foram de mal a pior. Seu amigo e reitor da escola explica que as ações recentes de Indy o tornaram alvo de suspeita e que o governo está pressionando a universidade para que o demita. Ao deixar a cidade, Indiana conhece o rebelde jovem Mutt, que tem enorme desprezo pelo arqueólogo, mas também uma proposta: Se ele ajudar Mutt em uma missão com razões extremamente pessoais, Indy pode deparar-se com um dos maiores achados arqueológicos de todos os tempos: A Caveira de Cristal de Akator, um lendário objeto de fascinação, superstição e medo.

Mas conforme Indy e Mutt partem para os cantos mais remotos do Peru - terra de tumbas ancestrais, exploradores esquecidos e uma suposta cidade de ouro - eles rapidamente percebem que não estão sozinhos em sua jornada. Agentes soviéticos também estão em busca do artefato, entre eles a fria e devastadoramente bela Irina Spalko, cujo esquadrão de elite está cruzando o globo atrás da Caveira de Cristal, que eles acreditam que ajudará o império soviético a dominar o mundo. Indy e Mutt precisam encontrar uma maneira de enganar os soviéticos, seguir a impenetrável trilha de mistério, enfrentar inimigos e amigos de moral questionável e, acima de tudo, impedir que a poderosa Caveira de Cristal, caia nas mãos erradas.

Felizmente, o filme ficou totalmente fiel aos anteriores da série. Deste a montanha da Paramount confundido com a cena inicial do filme até o mapa sendo marcado com a linha vermelha que aparece quando Indy se desloca para o outro lado do mundo. Achei o filme fabuloso, não digo isso em relação aos efeitos especiais, me refiro a criatividade que George Lucas e Frank Marshall de continuar criando histórias para Indiana Jones. Harrison Ford é o dono do filme, ele consegue recriar suas antigas feições do personagem, e prova sua eficiência como ator.

Shia LaBeouf (Se comportando com os modismos do Marlon Brando da época) está engraçadíssimo ao lado de Ford, os dois tem uma ligação incrivelmente forte. LaBeouf, pode um dia não ganhar o Oscar, mas garanto que ele vai fazer muito sucesso em Blockbusters, pois ele tem um grande talento nesse ramo. O retorno de Karen Allen na pele de Marion se encaixou perfeitamente na trama, ela é minha “Indy Girl” favorita. Em “Os Caçadores da Arca Perdida”, o único filme em que aparece, ela é super carismática e enérgica.

A presença de Cate Blanchett está forçadíssima, sua personagem não convence. Embora ela seja uma excelente atriz, esse não foi um bom papel de sua vida. Praticamente não há nada de novo: tudo é antiguidade. O roteiro recria-se a partir dos antigos seriados, as relíquias arqueológicas são de épocas perdidas, as referências cinematográficas são do cinema em preto e branco e o roteiro se situa na metade do século passado.

Portanto quase nada é novidade no filme. Mas mora justamente aí, na competência, consciência e experiência dos profissionais envolvidos e na criatividade na criação de uma história que recicla elementos históricos, mesmos que místicos e lendários, onde fica o fascínio e o sentido da aventura, tendo como instrumento de magia os efeitos especiais. A linguagem cinematográfica é estruturada numa narrativa avassaladora.

3 comentários:

  1. Confesso estar curiosa para assistir ao filme. Pretendo assistí-lo essa semana.

    http://maynabuco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Pelo que vi está tendo uma ótima repercusão...

    Estou curiosa pra assistir ...


    Abç...

    http://www.analucianicolau.adv.br/

    ResponderExcluir
  3. com MUIIITA vontade de assistir, mas ainda n tive tempo :~

    indiana jones é indiana jones pow!
    aioehaeoiheaoiheaoiheaioheaioea

    gosto ateh msm dos filmes antigos, com aqueles efeitos terríveis, porém MUITO vançados pra época ;D

    ResponderExcluir

Dê sugestões, idéias, fale sobre a postagem, critique. 1ª visita? Deixe seu nome, cidade e idade! Evite comentários anônimos, ofensivos ou spam. Se for sobre o filme, evite spoiler para que nenhum outro leitor veja acidentalmente. Assim que ler, responderei e publicarei aqui. Volte para ver a resposta. Obrigado pela Visita!